LabX

O que fazemos

...
Participação & Colaboração

Para uma Administração Pública ser inovadora tem de adotar mais do que mudanças tecnológicas ou assumir discursos inspiradores,. Precisa de se comprometer ativamente com uma lógica colaborativa que derrube os seus compartimentos administrativos em favor de respostas à sociedade que sejam articuladas de maneira transversal, atendendo às necessidades dos cidadãos e permitindo a otimização do uso de recursos. Mais: a Administração Pública do futuro tem de assumir claramente a sua vocação como Administração Aberta. Não pode encerrar-se sobre si, tem de ser sensível às mudanças da sociedade e, inclusive, atuar como ativador de iniciativas que visam incentivar mais participação cívica e maior proximidade entre cidadãos, organizações da Sociedade Civil e a Administração Pública.

...
Experimentação

A experimentação é uma valência essencial do LabX. Temos trabalhado nos desafios das entidades públicas para, em conjunto com parceiros da comunidade de empreendedores e do sistema científico nacional, desenvolver projetos experimentais, sediados em múltiplas áreas governativas, que respondam às necessidades de cidadãos e empresas. Neste âmbito, pode destacar-se ainda a instalação de um laboratório vivo num serviço público, criado para potenciar a participação aberta e apoiar as entidades públicas com a experimentação em contexto.

...
Exploração

A exploração traduz-se numa atitude constante de alerta em relação às tendências emergentes e capaz de assegurar a sua própria reinvenção. Assim, tem perseguido novos horizontes de oportunidades para a Administração Pública através da criação de iniciativas que promovam a tomada de decisões apoiada em dados empíricos, a aplicação de ciências comportamentais nas políticas públicas, a exploração de interfaces entre humanos e máquinas no âmbito das tecnologias emergentes, o uso de inovação antecipatória e de foresight, a gamificação como via de mudança da cultura organizacional ou a adoção de metodologias participativas de simplificação de comunicação do Estado.


A Rede de Inovadores funciona como uma comunidade de prática em que procuramos dinamizar o ecossistema da Administração Pública através da incubação e mentoria de projetos experimentais, da capacitação dos membros da rede ou da realização de eventos abertos ao ecossistema de inovação em Portugal.

A Rede é fechada a trabalhadores e entidades públicas. Submeta aqui a sua proposta de adesão.


A Rede de Laboratórios de Experimentação é constituída por equipas da Administração Pública que trabalham colaborativamente e que atuam em ciclos rápidos de prototipagem para materializarem a experimentação em projetos conduzidos para (re)desenharem melhores serviços públicos.

Atualmente, e para além do LabX, fazem parte desta rede o LMx, da Câmara Municipal de Coimbra, o LxLEM, da Câmara Municipal de Lisboa, o dal-he, do Turismo de Portugal e o LouléXLab da Câmara Municipal de Loulé.